HISTÓRIA DA ESCOLA


Fundação: 07 de Março de 1963

Cores: Verde e Rosa

Quadra: Rua Lins de Vasconcelos,623
Lins de Vasconcelos -Rio de Janeiro-RJ
Barracão: Av. Rodrigues Alves, 775-F
Santo Cristo -Rio de Janeiro-RJ
Madrinhas: Portela e Mangueira
----------------------------------------------------------------
A Lins Imperial nasceu da fusão das Escolas de Samba "Filhos do Deserto",fundada em 1933 , e "Flôr de Lins" , fundada em 1946 , ambas existentes na Cachoeira , bairro do Lins de Vasconcelos.
As cores das duas Escolas eram verde e rosa , por isso persistiram.
São seus fundadores: Agnelo Campos (na época Presidente da Flôr de Lins), Daniel Fernandes (na época Presidente da Filhos do Deserto) , Darcy Knuth Machado (Caxambu) , Durval Olimpio da Silva , Helvécio Antonio de Lima , Jones da Silva (Zinco) , José da Silva (Jaguarão), João de Oliveira Silva ,Georgina Amo-rim,Atherio Salustiano da Silva, Altair Augusto Marques, Alberto Alves dos Santos Filho,Antonio Dias de Castro Filho,Arlindo Pe-reira,Ascanio da Silva,Antonio Carlos Esteineker Francisco, Car-los Tavares,Fidelis dos Santos,Flaviano Pinheiro daSilva,Home-ro Fonseca Requenha, José Luis dos Santos, Francisco Xavier, Maurício Simeão daSilva,Octacílio Acácio dos Santos,Paulo Are-al, Sebastião Correia neto,Sebastião Alves do Nascimento, Wal-dair da Silva, Juvenil Gomes da Silva, Nilton Barbosa.
Deve-se a Marinho Lelis , integrante da "Filhos do Deserto", a introdução do reco-reco na bateria.
Dentre os grandes colaboradores da Escola, lembramos o nome do Carnavalesco,Carlos Manoel de Carvalho, já falecido.
------------------------------------------------------------------
Em 1975 a Lins Imperial conquista o título de Campeã do Grupo 2 com o enredo "Dona Flor e seus Dois Maridos" adquirindo o direito de subir ao Grupo Principal (Especial de hoje).
------------------------------------------------------------------
Em 1976 a Lins Imperial desfilando entre as grandes Escolas do Rio de Janeiro não se fez feliz e com o enredo "Folia de Reis" retorna ao Grupo de Acesso.
------------------------------------------------------------------
Voltaria ao Grupo Principal (Especial hoje) somente em 1990 quando desfilou em homenagem a Madame Satã. A Escola permanceu no Grupo Especial.
------------------------------------------------------------------
Em 1991, no Grupo Especial, apresenta um belo enredo "Chico Mendes, o Arauto da Natureza". Apesar do bom desfile a Escola não conseguiu permanecer entre as grandes.
------------------------------------------------------------------
Depois da queda em 1991, a Lins Imperial não voltou mais ao Grupo Especial e entrou numa grande crise financeira sempre colocando o Carnaval com grandes dificuldades.
Em 1997 consegue o título de Campeã do Grupo B !
O enredo apresentado na avenida foi "Tudo isso é Brasil".
------------------------------------------------------------------
Em 1998 a Escola não se apresenta bem e com um enredo em homenagem a Búzios retorna ao Grupo de Acesso B.
------------------------------------------------------------------
No Carnaval de 2001 a Escola apresenta enredo em homenagem a Clara Nunes, "O Canto da Guerreira" de Jorge Caribé.
Apesar de bonita não consegue subir e fica com a quinta colocação no Grupo B.
------------------------------------------------------------------
Em 2002 a Lins Imperial veio com o enredo "Os Cucumbins, a Trajetória do Samba", do Carnavalesco Jorge Caribé.
A Escola mostrou a trajetória do samba nos últimos 100 anos e ficou na 7a. colocação no Grupo B.
------------------------------------------------------------------
Em 2003 a Lins Imperial conqusita o título de Campeã do Grupo de Acesso B, com um emocionante enredo em homenagem a Aroldo Melodia, "Segura a Marimba. Aroldo Melodia vem aí", do Carnavalesco Jorge Caribé . A Escola sobe para o Grupo A, que dá acesso ao Grupo Especial no Carnaval do Rio de Janeiro.
------------------------------------------------------------------
Em 2004 no Grupo A, a Lins Imperial com uma homenagem a sua madrinha Mangueira e seus 75 anos, no seu enredo: "75 anos de Mangueira. É Bom se Segurar que a Poeira vai Subir!", desce para o Grupo B.
------------------------------------------------------------------
Em 2005 a Escola obtém o quarto lugar no Grupo B com grande desfile e seu premiado enredo que contagiou a Marquês de Sapucaí: "O Bêbado e a Equilibrista. O Show Tem que Continuar...".
------------------------------------------------------------------
No desfile de 2006 a Lins Imperial apresentou o belíssimo enredo "Arraial do Pavulagem" do Carnavalesco Eduardo Gonçalves e obteve a 7a. colocação no Grupo B.
------------------------------------------------------------------
Em 2007 a Lins Imperial é Campeã do Grupo de Acesso B e sobe para o Grupo A.
Foi um lindo desfile com a reedição do enredo de 1991: "Chico Mendes. O Arauto da Natureza".
O enredo foi reescrito pelo Carnavalesco Eduardo Gonçalves e se mostrou atualizadíssimo, levantando a Marquês de Sapucaí na terça-feira de Carnaval.
------------------------------------------------------------------
Em 2008, com o enredo "Apresento-lhes com Louvor, Meu Pai Querido, Dom João VI", a Lins Imperial, desfilando no Grupo A, obteve a 10a. colocação e desce novamente, desfilando no Grupo B em 2009.
Faltavam 7 minutos para o término do desfile na Sapucaí, no sábado de Carnaval, e a quarta alegoria da Escola perdeu a direção e se prendeu na grade das frisas...A Escola foi penalizada com menos 2,5 por ter excedido em 5 minutos o tempo do desfile...Por 1 minuto a menos a Lins Imperial não teria caído!!!
------------------------------------------------------------------
Em 2009 no Grupo Rio de Janeiro 1 (ex-B), após a queda traumática no ano anterior, a Lins Imperial apresentou o enredo: "Lapa: Estrela da Vida Inteira" e obteve a 9a.colocação.
O esforço dos componentes que continuaram na Escola, "segurando a barra", foi de um valor extraordinário...
------------------------------------------------------------------
No Carnaval de 2010 a Agremiação apresentou Enredo reedita-do do ano 1976,"Folia de Reis", e sua colocação final foi o oita-vo lugar.
Com as conhecidas dificuldades, a Escola fez bom desfile mas não agradou a alguns jurados que tiraram, por exemplo, 0.8 do quesito Enredo e outros 0.6 em Fantasias e Alegorias......... Esses quesitos determinaram a colocação do oitavo lugar.
Caso esses quesitos levassem as notas máximas(10), a Escola teria conseguido a terceira colocação ao final da apuração...
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------
------------------------------------------------------------------